FECHAR
Popup
 
 
 

COMO LIDAR COM O NÃO?

31.Outubro.2018
 
Compartilhe

Cuidar dos filhos é uma tarefa super importante na vida de qualquer pai ou mãe.

Quando a criança nasce é que os pais começam a aprender a serem pais também. Já pensou nisso?

Sua mãe esperou você dentro da barriga dela durante nove meses! É muito tempo, não é?

Você acha mesmo que depois deles te esperarem tanto, prepararem tudo em casa para a sua chegada (o quarto, as roupas, os brinquedos, entre tantas outras coisas), eles vão querer correr o risco de deixar você "se dar mal" por aí?


A resposta é: claro que não!

Nenhum pai quer o mal do seu filho e é por isso que muitos deles os protegem tanto. Para garantir seu bem-estar, sua saúde e, principalmente, sua felicidade.

#Quando a criança começa a andar

Os pais estão lá desde sempre, dando a mão, conduzindo e alertando, pois quando a criança é muito pequena, na fase de aprender a andar, ela pode cair e ter ferimentos graves.


Sozinha, a criança jamais conseguiria aprender a andar, e os pais são as primeiras pessoas que estão lá para incentivar e apoiar nesse desenvolvimento. Eles que a ajudam a levantar quando ela cai.

# O primeiro dia de aula

Sabia que no seu primeiro dia de aula, provavelmente, não foi só você que ficou com medo ou ansioso? 

Pois é, os pais se preocupam tanto com seus filhos, que o que mais querem é que eles se sintam bem na escola, sejam bem recebidos pelos professores, amigos, aprendam muito e se divirtam ao mesmo tempo. E alguns têm medo que os filhos não se sintam bem.


Nesse momento, que é difícil principalmente para as crianças, mesmo com suas próprias inseguranças, os pais estão lá, ao lado dos filhos, porque acreditam neles e acreditam que levar eles para a escola só os ajudará a aprender mais. Isso, claro, depois de terem dedicado bastante tempo para escolher a escola certa. Ou você acha que seu pai quer ficar longe de você? Claro que não! No entanto, mesmo querendo estar perto de você, ele passa por cima disso pensando no que é MELHOR PARA VOCÊ naquele momento.

#Lidando com o "não" do mundo

Nesse momento em que você começa a ter um pouco mais de liberdade, ainda assim, é extremamente importante continuar respeitando os pais, afinal, eles são as pessoas em quem você pode ter mais confiança no mundo.

Muitas vezes eles vão te dizer não, e muitas vezes você não vai entender, vai até sentir raiva. Isso é completamente normal. É que os pais, assim como os professores, já viveram muito mais tempo e conseguem ver muito além quais os riscos que você pode estar correndo. Eles cuidam de você!

O importante é você aprender a lidar com os seus sentimentos nessas situações.

Como?

Sentir raiva é normal, mas bater nas pessoas não é normal. Sentir ciúmes ou medo, é normal, mas gritar, empurrar e xingar não é normal. 

Ou você gostaria que, quando outra pessoa não gostasse do que você fez ou falou, ela te batesse, xingasse, gritasse com você? Claro que não.




Precisamos aceitar que, muitas vezes, não somente os pais, mas os irmãos, os amigos, os professores, familiares e diversas outras pessoas não vão concordar conosco, vão nos dizer não. Isso também é normal! 

Saiba que você encontrará na vida muitas pessoas que também não aprenderam o que é respeito. Nem por isso você deve ser igual a elas, pelo contrário, aja de forma amorosa e paciente, recorra a algum adulto se não souber o que fazer, mas nunca tome uma atitude agressiva ou desrespeitosa. Isso só piorará a situação.

#Lidando com o "não" dos pais

Quantas vezes seus pais já disseram a você frases como "sai desse celular", "está tempo demais nesse computador", "não cansou de ver televisão?", "não quero que você tenha/use redes sociais", "não quero que você acesse a internet sem que eu esteja ao seu lado"...?



Algumas frases parecidas com essas têm como objetivo apenas uma coisa: proteger você!

Assim como mostramos, desde pequena a criança tem os pais ao lado dela para lhe proteger. Com a internet é a mesma coisa. No ambiente digital há pessoas boas e ruins, que falam coisas boas e ruins e fazem coisas boas e ruins... E isso sem proibição nenhuma, há pouquíssimas regras (muitas vezes não há nenhuma). 

Você corre o risco de ser enganado por pessoas, por informações e ver coisas que não são legais para a sua idade. Tudo tem seu tempo, assim como crianças pequenas não tem aulas junto aos adolescentes e os idosos não vão para a escola... Para cada idade há uma atividade adequada. 

Nunca caia no erro pensar: "isso não vai acontecer comigo". Quantas vezes você se machucou ou caiu? Você achava que isso ia acontecer? Provavelmente não.

Ninguém se \"dá mal\" porque quer, mas simplesmente porque a gente não controla todas as coisas ao nosso redor. Por isso, é importante se prevenir e evitar os perigos alertados, principalmente, pelos pais. 

Confie nos seus pais, respeite suas ordens, pois eles sabem o que é bom para você. Você pode conversar com eles, fazer acordos, mas sempre obedecendo a determinação final que eles derem. 

Converse de maneira respeitosa, acolha o carinho e o cuidado deles para te proteger. Eles te amam, por isso te protegem, e você precisa retribuir sempre esse amor, proteja-os também.






 
 
 
 
 
 
 
 
 
Contato
  • Unidade Jundiaí

    (11) 4588-1365
    divino@divinojundiai.com.br
    Rua Gen. Carneiro, 105 - Vila Arens Il
    Jundiaí/SP
  • Unidade Itu

    (11) 4013-6570 / 4022-7161
    colegio@divinoitu.com.br
    Praça Divino Salvador – Jd Paraíso I
    Itu/SP
 
 
Copyright © Colégio Divino Salvador. Todos os direitos reservados